clean-5

Touros e Região

Em geral

Politica

DICAS DE BELEZA

famosos

TV

» » Touros, Natal e Caicó têm provas de seleção para Escola Agrícola de Jundiaí canceladas.


Após a publicação de portaria onde o Governo Federal regulamenta a Lei das Cotas, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte cancelou as provas de seleção para a Escola Agrícola de Jundiaí e para a Escola de Enfermagem de Natal, inicialmente programadas para o dia 21 de outubro em Natal, Caicó e Touros. Além disso, a Universidade estuda extinguir o argumento de inclusão, instrumento utilizado para aumentar o nível de participação de estudantes de escolas públicas na UFRN. Embora não tenha uma definição, o mais provável, segundo Alexandre Lara, é utilizar somente o sistema de cotas introduzido pelo Governo Federal, extinguindo o argumento de inclusão. Isso porque, na avaliação da Universidade, os dois instrumentos têm "força" equivalente. O pró-reitor de Planejamento, João Emanuel Evangelista, explica que a participação do argumento até aqui é de 12,2% das matrículas. Já a determinação do Ministério da Educação é de que 12,5% das vagas no próximo ano sejam destinadas às cotas.Essas vagas serão divididas entre estudantes com renda familiar mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e estudantes de cor negra, parda ou indígena. Todos obrigatoriamente precisam ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública. Pelo menos metade das vagas referente a cotas será escolhida a partir da renda familiar. O percentual de cotistas negros, pardos e indígenas muda de estado para estado, a partir dos dados do censo do IBGE. No Rio Grande do Norte, segundo João Emanuel Evangelista, o percentual ficará em 6,9%. No Rio Grande do Norte, mais uma variável se insere, tendo em vista que metade das vagas serão selecionadas a partir do Exame Nacional do Ensino Médio e metade a partir das provas do vestibular da própria Universidade Federal. O percentual de 12,5% de cotas será aplicado separadamente em cada grupo. "As vagas do Enem terão 12,5% de reserva para as cotas e da mesma forma as vagas do vestibular", esclarece Alexandre Lara. A adaptação do vestibular UFRN à Lei de Cotas não irá, segundo o pró-reitor Alexandre Lara, influenciar na data da prova do vestibular, de 25 a 27 de novembro. "As provas da Escola de Jundiaí e de Enfermagem foram adiadas pela proximidade, mas não haverá modificação na data do vestibular, que continuará a mesma", assegura o pró-reitor. A intenção da UFRN é divulgar uma retificação no edital do vestibular até a próxima semana explicando detalhadamente qual será a influência e as modificações no exame seletivo deste ano. No que diz respeito à Escola de Jundiaí e à Escola de Enfermagem, as adequações serão divulgadas no dia 25 de outubro, segundo nota de esclarecimento publicada ontem pela reitora Ângela Paiva Cruz.

Genubia Soares

Radialista - DRT/RN 1.383,blogueira.Busco atualizar o meu conhecimento quanto ao que acontece no dia a dia para com qualidade repassar aos demais interessados .
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Touros em Destaque